Acompanhe aqui:

7 de maio de 2011

O Celtics está mais vivo do que nunca


Mais agressivo e usando o fator TD Garden como incentivo, o Boston Celtics vence o Miami Heat e diminui a vantagem do rival na série melhor de sete: 2-1.

O jogo foi equilibrado no primeiro tempo, com o Paul Pierce e Kevin Garnett acertando do lado verde, e Dwyane Wade e Joel Anthony (!!) bem pelo lado vermelho. Já no segundo tempo, só deu Boston. Usando Kevin Garnett como "o homem de segurança", o Celtics, com uma defesa sensacional, anulou LeBron e Bosh, parou Wade em certos momentos e foi mortal no ataque.

Quando o negócio apertava, o jeito era tocar no Garnett e pronto. KG esmagou a marcação e saiu de quadra como destaque da partida. Seus 28 pontos e 18 rebotes falam por si só. Pode-se dizer que Paul Pierce estreou na série. Acertando 5 bolas de três, o número 34 de Boston anotou 27 pontos. A garra de Rajon Rondo mostrava todo o espírito da equipe de Doc Rivers. Em um lance com Dwyane Wade, o armador teve a infelicidade de se machucar de forma séria, tirando o braço esquerdo do lugar. Para quem apostava que Rondo não voltaria para o jogo, ele não só voltou como foi decisivo. Mesmo usando somente uma mão, fez bandejas importantes e contribuiu com roubos de bola.

LeBron James e Chris Bosh tiveram uma noite infeliz. LeBron forçou muitos arremessos e cometeu turnovers que não está acostumado cometer. Bosh, bem marcado, errou praticamente tudo o que tentou. Apenas Dwyane Wade se destacou, porém, teve seu pé pegado pela multidão de Boston por estar no lance que ocasionou a lesão de Rondo e uma discussão com Ray Allen. D-Wade marcou 23 pontos e distribuiu 7 assistências. Mario Chalmers, reserva de Mike Bibby teve ótima atuação com seus 17 pontos. O "MVP" da galera de Miami, Joel Anthony, fez sua maior pontuação em um jogo de playoff: 12 pontos.


O ponto legal da partida foi a volta de Shaquille O'Neal, que não jogava desde março (fevereiro ele se lesionou pela primeira vez. Em março ele jogou só 6 minutos). Em sua primeira bola fez uma difícil bandeja, levando o torcedor celta à loucura.

Celtics era coração, raça e técnica. O Heat era precipitações atrás de precipitações. Tive a impressão de um time mais relaxado pelo fato de estar na vantagem de 2-0. Aposto com vocês que vamos ver um Miami muito mais ligado.

Se o time de Massachusetts entrar com essa agressividade, e o de South Beach acordar, vamos presenciar o melhor jogo desse playoffs. O jogo de hoje, em alguns momentos, já foi ótimo. Mas essas duas equipes podem produzir mais.

O jogo 4 ocorre na segunda feira, transmissão da ESPN.

2 comentários :

certinho

vamos entrar no jogo 4 pra empatar a série e posteriormente passar a final da conferência #GoCeltics

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!