Acompanhe aqui:

27 de maio de 2011

Heat na final


Gripe. Muita gripe. É assim que eu descrevo meu estado físico desde quarta-feira. Devido a isso (e aos remédios), consegui perder o jogão entre Heat e Bulls, vencido de forma heróica pelo Miami Heat. Aplicando 18-3 nos últimos três minutos, o time da Flórida virou e foi, pela segunda vez, campeão da conferência leste.

Como não vi o jogo, fica difícil para analisar algo. Mas, de antemão, já digo: LeBron e Wade são sensacionais. Derrick Rose foi o Derrick Rose, não aquele cara dos outros jogos da série. Mas prevaleceu o talento de Miami.

Eu mencionei nesse post: http://paixaonba.blogspot.com/2011/05/tranquilidade-para-decidir.html, que o Heat estava decidindo com muita tranquilidade, parece que já sabia que ia vencer. Ontem, chutando de três, infiltrando e chutando de meia distância, fez algo que nem o mais otimista torcedor do Heat poderia prever.

Parabéns ao pessoal de South Beach. Agora tem o Dallas Mavericks pela frente, reeditando a final de 2006, vencida pelo Heat. Wade pode colocar seu segundo anel na mão, Bosh e LeBron podem sentir o gostinho do que é vencer a NBA, mas, do outro lado tem um alemão pegando fogo, um Kidd muito tranquilo e distribuindo bem o jogo, um Jason Terry que sempre entra bem, o baixinho JJ Barea, entre outros bons jogadores dos Mavs.

A única coisa que eu digo: essa final vai ser incrível. Vou ficar em cima do muro e dizer que não tem favorito. Vai ser defesa do leste contra ataque do oeste. Quem vence?

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!