Acompanhe aqui:

11 de maio de 2011

Heat e Celtics jogam, mas o jogo da noite é no oeste

A série termina hoje, LeBron?

Hoje a noite a coisa volta pegar fogo com dois duelos que, na minha opinião, estão sendo as melhores séries desses playoffs. Vamos ter um Miami Heat com uma vantagem confortável contra um Boston Celtics sempre perigoso. Mais tarde, Oklahoma City Thunder e Memphis Grizzlies duelam para desempatar a série que se encontra 2-2.

Em South Beach, o Heat vai poder fechar a série em casa, diante de seu torcedor. Muita gente crítica a torcida da franquia da Flória por ser muito quieta. É o jeito da torcida de Miami mesmo. Só que hoje ela pode decidir. Como foi um inferno para o Heat jogar em Boston, a torcida do Heat precisa transformar a atmosfera da American Airlines Arena em um inferno para intimidar de alguma forma os jogadores experientes do Celtics. Miami vai na base do talento do trio Wade, LeBron e Bosh, o Celtics conta com a coletividade. Quem leva a melhor? O caminho do Heat é tentar infiltrar e furar de qualquer maneira a defesa adversária. Quando precisou fazer arremessos longos, a equipe sofreu. Perdeu o jogo 3 e suou no 4. O caminho verde é aplicar a defesa que vem fazendo e ser agressivo no ataque. Meu palpite é vitória do Heat com show de Dwyane Wade, o verdadeiro dono da equipe.

A dupla Kevin Durant e Russel Westbrook vão em busca da vitória que deixaria as coisas mais tranquilas para o Thunder. Após sofrer para vencer o jogo 3 (três prorrogações), o time recuperou o mando de quadra perdido logo na primeira partida da série. Se o garrafão está sendo dominado por Marc Gasol e Zach Randolph, a maneira é chutar de longe. Durant é o cestinha da liga, Westbrook querendo ou não é o famoso armador chutador, que mais se destaca pelos pontos do que nas assistências. Já o Grizzlies vem alternando bons e maus momentos. Com Mike Conley fazendo uma pós-temporada fantástica e o garrafão "sob-controle", as chances dos Grizzlies vencer são boas. Sigo batendo na tecla que o Marc Gasol roubou os talentos do irmão mais velho. O Randolph está acabando com o rótulo de jogador preguiçoso. Uma coisa é certa: esse time de Memphis pode ficar de fora das finais de conferência, entretanto, o futuro dessa equipe é muito promissor. Meu palpite é que Oklahoma vença nessa noite, Memphis vença o jogo 6 e que o jogo 7 vai ser espetacular. Posso estar sendo muito Polvo Paul ou Mãe Diná, mas convenhamos, se for assim, quem ganha somos nós que vamos poder acompanhar.

Fica ligado nos jogos, fã da NBA! A festa começa às 20h.

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!