Acompanhe aqui:

28 de maio de 2011

Esse é o ano dos alas completos

Eu faço tudo, viu...

Sérgio Júnior


Por que draftar um jogador que joga apenas em uma posição se você pode draftar um que joga em duas ou até mesmo três? Começando em 1995, quando o “combo forward” ficou popularizado por um jovem e esguio Kevin Garnett. Alguns anos depois, Dirk Nowitzki revolucionou a posição com a habilidade de acertar bolas de três e por a bola no chão.

Teve jogadores como Garnett e Nowitzki antes desse tempo, mas poucos possuíam essa combinação de altura, coordenação e mobilidade. Agora eles estão por toda a liga e por todo o draft de 2011.

Derrick Williams lidera o grupo após colocar grandes números contra algumas das mais atléticas “frontcourts” na nação nessa temporada. Seu grande comprimento, seu grande nível de habilidade e sua grande atitude faz dele cabeça e ombros acima do resto. O resto que tem suas qualidades únicas. Tyler Honeycutty e Jan Vesely podem pular realmente alto. Marcus e Markieff Morris, Donatas Motiejunas e Kyle Singler são todos capazes de acertar chutes de qualquer lugar da quadra. Kawhi Leonard e Tobias Harris podem fazer tudo na quadra com sua altura e velocidade, mas não bons em uma coisa em particular. Chandler Parsons e Justin Harper levaram seus times bem afundo no March Mardness com seus chutes suaves.

Mas o prospecto mais intrigante, apesar, pode ser Chris Singleton. Desde que estamos em uma era de grande alas pontuadores como LeBron James, Carmelo Anthony e Kevin Durant, a habilidade defensiva (que pode ser comparada a de Ron Artest) pode separar ele do resto do grupo.

Enquanto esses “combo fowards” dão impressão de trazer boas coisas para a NBA, os General Managers da NBA têm de ser cuidadosos. Com esses garotos, é tudo ou nada, por isso muitos olheiros estão preocupados com esse draft. Os times vão descobrir em alguns desses jogadores, falta de jogo no perímetro ou habilidades no post para fazer um impacto ofensivo ou falta de tamanho, agilidade e força para defender os alas adversários.

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!