Acompanhe aqui:

16 de maio de 2011

Defesa espetacular dá vitória aos Bulls sobre o Heat

Sérgio Júnior


Depois de passar com propriedade pelos Celtics, o Miami Heat chegava como o favorito na final de conferência, LeBron usou de todo seu carisma para mostrar que estava feliz e emocionado com aquela vitória, que não viria pelo Cavs, e estava pronto para o primeiro anel. As pessoas começavam a ver que não dava para parar a dupla Wade e LeBron e que Rose teve problemas contra o Hawks e Pacers, imagine contra o Heat. Porém não foi bem assim que aconteceu nesse domingo, a defesa do Bulls mostrou que é a melhor da liga e conseguiu parar dois dos três astros do Heat, e foi o suficiente.

E foi ferrenha essa marcação, algo para um enorme destaque, Wade e LeBron chutaram trinta e duas vezes e apenas em apenas doze o resultado foi cesta, com isso fizeram apenas 33 pontos juntos. E mais, foram apenas oito vezes para a linha do lance livre, quatro cada, e apesar de terem acertado todas, é de se elogiar o jeito que conseguiram parar a dupla sem falta, LeBron é o jogador com mais lances livres cobrados por jogo em playoffs na história e isso hoje foi só estatística.

Para marcar os dois, o time teve que abrir alguns espaços para as dobras e quem sobrou no Heat? Apenas Bosh, que fez um grande jogo, 30 pontos e 9 rebotes, e foi o líder do time mas com Wade e LeBron sendo anulados, seus esforços acabaram sendo inúteis. O resto do time marcou apenas 19 pontos e deixou evidente que eles terão que ser mais efetivos para o Heat levar essa série.

E o grande nome disso tudo foi Luol Deng, que teve que jogar 45 minutos do jogo, mas conseguiu parar LeBron. No ataque Deng ainda foi efetivo com 21 pontos e 4 bolas pra três. Outro grande destaque defensivo, e ofensivo, foi Noah que além de ajudar na marcação de Wade e Lebron, foi soberano nos rebotes e foi grande reboteiro da noite com 14 rebotes, sendo 8 ofensivos, no total foram 19 rebotes ofensivos para o Bulls, contra apenas 6 do Heat.

O MVP fez outra atuação de craque, mesmo bem marcado conseguiu se impor na frente, foram 28 pontos e 6 assistências. Carlos Boozer, que desdenhou de Bosh durante a semana, fez o que já vinha fazendo nos outros jogos, 14 pontos e 9 rebotes, poderia estar melhor mas está bem o suficiente.

Enquanto os titulares resolveram, o banco ainda foi muito bem e ajudou com 28 pontos, com grande destaque para Taj Gibson que ainda fez uma bela enterrada no fim do jogo. No banco rival apenas Mario Chalmers foi efetivo e cada vez mais preocupa o veterano Bibby.

Após o primeiro jogo já temos em vista o que será essa série. Os Bulls precisarão manter essa defesa e continuar se aproveitando da fragilidade do garrafão adversário, mas será que Deng conseguirá aguentar jogar nessa frequência durante toda essa série? O Heat precisará encontrar respostas para essa defesa e precisará mais do que nunca de seus coadjuvantes para aproveitar os espaços deixados pelos Bulls, será difícil apostar em jogadores pouco confiáveis como Bibby ou James Jones, mas é necessário para buscar esse título de conferência.

O próximo jogo acontece na quarta-feira, 21:30, ao vivo no canal Space. Porém teremos basquete antes, a série entre Thunder e Mavs terá o pontapé inicial nesta terça-feira, 22:00, com transmissão da ESPN.

2 comentários :

Bela matéria...

E a manchete, parece notícia de futebol...
Hahaha...

Parabéns pelo blog!

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!