Acompanhe aqui:

22 de maio de 2011

Dallas recupera o mando de quadra


Depois de ter perdido o mando de quadra, o Dallas Mavericks consegue se recuperar, vence o Oklahoma City Thunder fora de casa e volta estar em vantagem na série melhor de 7 jogos. Com todo o time ligado e participando bem, a franquia texana abriu uma enorme vantagem no primeiro tempo e foi administrando no terceiro quarto. No último período, o Thunder bem que tentou, trouxe a diferença para 6 pontos, mas, quem tem Dirk Nowitzki, tem praticamente tudo.

A tática do time de Rick Carlisle foi simples: deixa que dobrem em cima do alemão, que ele simplesmente faz o time jogar. DeShawn Stevenson e Shawn Marion agradeceram. Usando toda sua experiência, Jason Kidd produziu bem no ataque, com 13 pontos e 8 assistências.

Thunder esteve muito mal nos arremessos de três pontos, acertando somente 1 em 17 tentativas. Kevin Durant chegou ao double-double: 24 pontos e 12 rebotes. O armador Russel Westbrook, substituído no final do jogo de quinta-feira, teve boa apresentação apesar dos turnovers: 30 pontos.

Para quem é apegado nas estatísticas, na maioria dos casos quem vence o jogo 3, vence a série. Boa notícia para os fãs dos Mavs. Nas três partidas, ambas as equipes apresentaram altos e baixos. O vencedor da série vai sair da franquia mais equilibrada.

No atual momento, eu apostaria minhas fichas no time de Dallas. A experiência deve contar muitos nesses momentos. Thunder já teve um desentendimento de Westborok e o treinador. Querendo ou não isso é tudo novo para esse time do Thunder. É difícil os jovens jogadores não sentirem esse momento, uma final de conferência da melhor liga do mundo.

O próximo jogo entre os dois acontece na segunda-feira, 22h

1 comentários :

Tive a impressão que o Mavs defendeu muito bem. No último quarto não, mas não foram tão ruim assim.

O problema foi o ataque. O Nowitsky mal, ajuda seu time passando a bola bem e prendendo a marcação. Mas hoje ele fez várias isolações contra o Collison que não deram certo, acho que quase todas resultaram em turnovers ou erros (menos as decisivas, craque é craque) e essas bolas que faltaram ao ataque.

Se o Nowitzky estivesse em um dia "normal" ele teria feito mais uns 10 pontos e a vaca do Thunder teria deitado no meio do quarto período.

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!