Acompanhe aqui:

23 de maio de 2011

Bosh é o destaque, Heat vence o Bulls e abre 2-1 na série


No primeiro confronto da série na Flórida, o Miami Heat, com grande atuação do ala-pivô Chris Bosh, derrotou o Chicago Bulls e abre 2-1 na série melhor de 7. Quase sempre na frente no placar, o time de Erik Spoelstra cresceu na reta final do 4º período e venceu a segunda partida seguida.

Um pouco apagado nos playoffs, Chris Bosh conseguiu vencer o confronto contra Carlos Boozer e fez sua melhor aparição na pós-temporada: 34 pontos. Acertando somente 12 arremessos de 30 tentados, a dupla Dwyane Wade e LeBron James tiveram apresentações razoáveis, com 17 e 22 pontos respectivamente. LeBron, ao menos, se destacou nas assistências: 10. Quando o trio passa dos 70 pontos, são 39 vitórias e apenas 5 derrotas.

Muito bem marcado, o MVP da temporada novamente não apareceu bem. Dono de 20 pontos e 5 assistências, é óbvio dizer que Rose não se encontrou nos últimos 2 jogos. Méritos da defesa adversária? Se Rose ficou devendo, Carlos Boozer resolveu chamar o jogo e terminou como cestinha da equipe do Illinois: 26 pontos e 17 rebotes. Noah decepcionou com seus 5 rebotes e 1 ponto.

Apesar de estar sobrando nos rebotes ofensivos (13x5), o Bulls não vem conseguindo transformar esses rebotes em pontos. Na calma e tranquilidade, o Heat consegue tomar conta do placar e consegue ser decisivo nos momentos cruciais. Ontem isso não foi diferente. Para animar um pouco os fãs do Heat, 75% das vezes o time vencedor do confronto 3 foi o vencedor da série.


O próximo jogo é novamente em Miami, na terça às 21h30. Enquanto o Heat se aplicar na defesa como vem fazendo, mostrando a técnica de sempre no ataque, dificilmente perderá a oportunidade de eliminar o rival que fez a melhor campanha na temporada regular e ir para as finais da NBA. Para o Bulls, o time precisa ser mais regular.

Na medida que o Bulls fosse avançando, era claro que a marcação em Rose aumentaria e melhoraria. O time precisa ver isso e ajudar. Só o Boozer não adianta. É hora de Luol Deng voltar a ter atuações mais consistentes, Noah ser o guerreiro de costume, o banco ser mais participativo. Não acontecendo isso, o pessoal em South Beach vai continuar sorrindo.

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!