Acompanhe aqui:

6 de maio de 2011

Atuação de MVP do MVP


O Chicago Bulls viajou até a Geórgia e proporcionou a primeira derrota do Atlanta Hawks nos playoffs. Com o triunfo, o time do Illinois recuperou o mando de quadra perdido no jogo 1 onde o Hawks surpreendeu todos com uma excelente vitória.

O destaque eu nem preciso dizer. Derrick Rose, em sua melhor marca em um jogo de pós temporada, só não fez chover. Sendo muito feliz nos arremessos, o MVP anotou 44 pontos. Apesar da boa produção ofensiva nos outros jogos, Rose vinha sendo criticado por ainda não ter feito uma boa atuação nos playoffs. Hoje ninguém pode falar nada. Taj Gibson saiu do banco de reserva para fazer 13 pontos e apanhar 11 rebotes. Mais uma vez a decepção ficou por conta de Carlos Boozer. A sorte do ex-jogador do Utah Jazz é que ele tem Rose no time. As vaias já pintaram para ele.

Jeff Teague vem substituindo bem o armador titular Kirk Hinrich. Novamente saiu de quadra como cestinha, 21 pontos. O problema é que o time não vem acompanhando seu ritmo. Bem marcados, Joe Johnson e Jamal Crawford pouco produziram. Méritos da boa defesa do melhor técnico do ano, Tom Thibodeau.

Tenho a impressão que Chicago se encontrou, não só nessa série mas acordou e viu que está disputando os playoffs. Enquanto o Rose estiver assim, vai ser difícil segurar. E continuo achando pífia a produção do Al Horford e do Carlos Boozer. Como disse, as vaias já apareceram para o ala-pivô do Chicago Bulls.

Agora tem o jogo 4 em Atlanta, no domingo. Uma vitória do Bulls praticamente acaba com a série e bota a equipe nas finais. Mas esses playoffs estão demais, não vale a pena cravar alguma coisa. Sempre acontece coisas inesperadas.

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!