Acompanhe aqui:

25 de abril de 2011

Uma noite em que só deu Chris Paul


Vou confessar à você, leitor do blog, que, quando o Lakers virou a série, achei que as coisas ficaram tranquilas, e o 4-1 sairia naturalmente. Mas os Hornets não quer saber disso, está vendendo as partidas muito caro. Fechando os jogos do dia, o New Orleans Hornets venceu os Lakers, e empata a série em 2-2.

A partida teve um nome: Chris Paul. O armador de New Orleans marcou um triple-double: 27 pontos, 13 rebotes e 15 assistências. Vale ressaltar que ele demorou para chegar aos seus primeiros pontos, que saiu somente no segundo quarto. Repetindo a boa atuação do jogo 3, Trevor Ariza foi responsável por 19 pontos. Na hora crucial da partida, Jarrett Jack não fez feio. Ele acertou uma bola no último segundo da posse, e acertou os dois lances que sacramentaram a vitória de sua equipe.

Se o Chris Paul demorou para pontuar, com o Kobe Bryant não foi diferente. O astro de Los Angeles só marcou seus primeiros pontos no terceiro quarto. Ele mandou no período, fazendo 14 pontos dos 22 feitos pelos Lakers. Kobe terminou o jogo com 17 pontos e 8 assistências. Pau Gasol anotou 16 pontos, mas deu mole quando Kobe lhe deu um passe perfeito, porém, o espanhol não conseguiu dominar.

Os Lakers ainda seguem com o mando de quadra. O próximo jogo vai ser decisivo. Ou o Lakers vence e praticamente assegura a vaga, ou a série volta para New Orleans com o time da casa na frente, precisando apenas de 1 vitória para eliminar o atual bi-campeão. Eu não esperava ver esse equilíbrio todo. Seguidamente eu lembro da ausência de David West. O que o Chris Paul está fazendo é coisa de cinema. Que partida ele fez ontem.

O jogo 5 vai acontecer na terça-feira, às 23h30, transmissão da ESPN.

1 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!