Acompanhe aqui:

18 de abril de 2011

Uma dupla que só não fez chover


Fechando a primeira rodada de jogos, uma das partidas mais esperados era esse Oklahoma City Thunder e Denver Nuggets. Depois de muito tempo, o renovado Nuggets iria jogar uma partida de pós-temporada sem Carmelo Anthony. O Thunder, que caiu na primeira fase dos playoffs na temporada passada, apostava em Kevin Durant e Russel Westbrook para escrever uma história diferente.

O que mais impressionou foi a atuação da dupla: combinados tiveram 72 pontos dos 107 feitos pela equipe. Denver, há algum tempo aposta no jogo coletivo. Ontem teve Nenê como maior destaque: 22 pontos e 8 rebotes para o brasileiro. O jogo ficou equilibrado até o final, onde as duas franquias se revezavam na frente do placar. Usando e abusando de pick'n roll, os Nuggets, em duas cravadas de Nenê, virou o placar e tinha vantagem de 1 ponto na reta final da partida: 99-98. Só que a equipe do Colorado começou a cometer turnovers e errar alguns arremessos. Fazer isso em um jogo de playoff, ainda mais contra o forte Thunder, é algo que não pode acontecer nunca. Com cestas decisivas, Westbrook selou a vitória de Oklahoma, que abre 1-0 na série.

É incrível a sintonia desses dois jogadores: Durant e Westbrook. Eles se completam. É uma espécie de LeBron James e Dwyane Wade, Kobe e Gasol, Ginobili e Duncan. Não tenho nenhum medo de falar que, jogando dessa forma, será difícil parar o Thunder. Só que o time pode contribuir mais. Se depender somente da dupla, vai ser que nem o Magic: Dwight Howard pode anotar 100 pontos, mas se o time não ajudar, o time perde. O Nuggets mostrou melhora desde o último encontro dessas equipes na temporada regular, na arena da cidade de Oklahoma.


Sobre o Nenê, fiquei muito feliz com sua atuação. Encarou de igual para igual o Kendrick Perkins. Chegou a se lesionar e ser carregado para o vestiário, mas o que tudo indica é que esteja tudo ok com o brasileiro. Ele fez jogadas interessantes com o Ty Lawson e com o Felton, que podem ser importantes nas outras partidas. A única coisa que incomodou foi o fato da equipe errar em momentos que não podem errar. Foi assim na temporada regular e foi assim ontem à noite.


Para conseguir parar Durant, Denver espera para a volta de Arron Afflalo que pode acontecer na quarta ou no sábado e com certeza será um nome para por mais equilíbrio ainda na série. Porém ele participou de apenas 2 dos últimos 10 jogos do Denver e pode chegar meio baleado.

Os times voltam a se enfrentar nesta quarta-feira, ainda em Oklahoma, e prometem outro ótimo jogo. O terceiro jogo da série está marcado para o sábado e terá transmissão ao vivo nos canais ESPN.

E esse início de offs é de encher os olhos. Há tempos não se via um início tão promissor. Os 8 jogos disputados foram equilibrados. Será que isso vai se manter? Torço que sim, mas é difícil. A primeira partida sempre tem aquele famoso friozinho na barriga por se tratar de um jogo de playoff, onde erros não são permitidos.

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!