Acompanhe aqui:

21 de abril de 2011

Recordes, rebotes, all-star game, rebotes e mais rebotes levam Love para o prêmio de jogador que mais evoluiu

Sérgio Júnior

O Minnesota Timberwolves teve a pior defesa, foi o líder em turnovers e até conseguiu a pior campanha da liga, pior que o Cavs(!!!!), mas agora tem mais prêmios na temporada que o Miami Heat. Tudo bem, não vale muita coisa, mas é o prêmio de jogador que mais evoluiu é muito merecido a Kevin Love, que apesar de não levar seu time pra outro patamar, saiu de reserva para All-Star em menos de um ano e com certeza teve um balanço positivo no final da temporada.

O progresso de Love começa pelos rebotes, com a expressiva marca de 15 rebotes por jogo. Como falamos aqui (http://paixaonba.blogspot.com/2011/01/all-love.html) sua eficiência sempre foi ótima pelo tempo que ele jogava, mas ele conseguiu elevar esse número, e jogando quase 10 minutos a mais por jogo. Graças a Love nenhum time pegou mais rebotes que os Timberwolves.

E não para por ai, Love melhorou seu field goal de 45% para 47% e seu aproveitamento para 3 pontos de 33% para 41%, lembrando que ele jogou 28 minutos por jogo na última temporada, e 35 nessa, é uma melhora assustadora em sua eficiência.

E a soma de seu ótimo aproveitamento chutando e pegando rebotes, Love conseguiu 64 duplo-duplos na temporada. E desses 64, 53 foram de forma consecutiva, um recorde para a franquia e a maior sequencia desde a fusão da NBA com a ABA.

Com sua ida ao All-Star ele simplesmente sacramentou esse prêmio e aos 22 anos provavelmente veremos muito mais de Love e seus rebotes, é quase mágico. Dizem que se você jogar uma bola errada em qualquer tabela pelo mundo, o Love aparece para pegar o rebote.

Na votação apareceram outros grandes nomes, LaMarcus Aldridge foi o 2º e Dorell Wright em 3º. LaMarcus talvez seja melhor que Love, mas a evolução não foi tanta como o nosso querido Kevin. O prêmio é justo e não tem contestação, e vamos esquentando o terreno para o aguardado MVP da temporada.

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!