Acompanhe aqui:

26 de abril de 2011

Para acabar com as desconfianças


Depois de abrir 2-0 na série e ver os Trail Blazers empatarem, o Dallas Mavericks tinha a chance, na frente de sua torcida, de mostrar a força da equipe. O fantasma de 2006 vinha atormentando a torcida dos Mavs. Nas finais de 5 anos atrás, a franquia conseguiu abrir 2-0, mas viu o Miami Heat, de Dwyane Wade e Shaq, virar e ser campeão com 4-2. Só que os mais de 20 mil fanáticos viram um Dallas mais ligado, querendo acabar com qualquer desconfiança. No fim das contas, vitória por 93-82 e 3-2 na série.

Dirk Nowitzki, como sempre, foi o destaque dos Mavericks. O alemão foi dono de 25 pontos e 8 rebotes. Um dos melhores sexto homem da NBA, Jason Terry, marcou 20 pontos e aumenta sua média nesses playoffs. Mesmo sendo jogador que começa do banco de reserva, Terry está com média de 16,4 pontos por jogo nessa série contra os Blazers. Ótimo números para o jogador que era o meu favorito para vencer o prêmio de sexto homem, vencido por Lamar Odom. Só que ninguém bateu a atuação de Tyson Chandler. O pivô, além dos 14 pontos, apanhou 20 rebotes, sendo 13 ofensivos.

Atuando 29 minutos, o herói, Brandon Roy marcou somente 5 pontos. O destaque dos Blazers foi Andre Miller, 18 pontos e 7 assistências. O ala-pivô LaMarcus Aldridge também não estava em uma noite inspirada e anotou 12 pontos, acertando 6 arremessos dos 15 tentados.

É bem simples apontar onde os Mavs venceu o jogo: os rebotes. Ampla vantagem pro time do Texas: 49x37. Depois daquela virada sensacional no sábado, comecei apontar os Blazers como favorito para levar a série. Pensei que a moral adquirida iria conduzir o time à virada. Hoje nada deu certo. Só que ainda não tem nada decidido. As coisas ficaram mais fáceis para os Mavs, é claro, afinal, estar apenas 1 vitória da vaga nas semi-finais é algo que pode tranqüilizar a equipe. Tem muita lenha para queimar. Agora, jogando em casa, Portland tem a esperança de vencer e forçar o jogo 7 em Dallas.

Eu não arrisco vencedor. E você?

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!