Acompanhe aqui:

14 de abril de 2011

Os números finais: Média de pontos

Com o fim da temporada regular, resolvi fazer uma série de análises sobre os jogadores que se destacaram em média de pontos, assistências, aproveitamento nos arremessos de quadra, roubos, bloqueios, etc...

Para não sair um post gigante, vou fazendo por partes. Fica melhor para a leitura e fica melhor para mim. Todos saem ganhando. São posts simples, apenas lembrando os números finais da temporada que terminou nessa quarta-feira.

Média de pontos

Olhando para a cesta, só pode...

Pelo 2º ano seguido, Kevin Durant se tornou o cestinha da liga. Além de ter sido o atleta que mais pontos fez, teve a melhor média: 27,7. Após aquele 8º lugar em 2010, o Thunder teve uma enorme evolução e as cobranças por melhores resultados cresceram. Caiu nas costas de Durant a obrigação de fazer os pontos. Ele não decepcionou. O Thunder conquistou o primeiro título de divisão desde que virou o Oklahoma City Thunder (ex-Seatle Supersonics). LeBron James vem logo em seguida com 26,7 pontos por partida. Ao lado dos grandes amigos Dwyane Wade e Chris Bosh, LeBron manteve seu jogo de muitos pontos e muito tempo com a posse da bola. Depois de um início conturbado, Carmelo Anthony, no quesito pontos, teve ótimas performaces. Teve a 3ª melhor média (25,6). Ele já estava bem em Denver, mas no Knicks, com um time mais inferior (é sim, admitam), Melo foi mais "fominha" do que o normal e engatou uma série de jogos acima dos 30 pontos. Não o crítico por isso, até acho que fez o certo. Mesmo tendo LeBron como principal pontuador, Dwyane Wade não deixou de marcar seus "pontinhos". Terminando a temporada com 25.5 pontos por jogo, Wade prova que vários astros podem estar no mesmo time e a produção ofensiva não cai (ficou a dúvida: quem vai pontuar mais?). Fechando o top five, aparece Amar'e Stoudemire. Ele começou bem demais. Ficou um bom tempo em segundo, porém, com Carmelo, pontuou menos e viu sua média cair de mais de 26 pontos para 25. Nada alarmante. Com a mesma média, empatado, aparece Kobe Bryant. Vocês estão cansando de ler que eu aprecio a gana de vitória do Kobe. Eu acho que ele se preservou mais nessa temporada, porém, sempre que o Lakers precisou, ele cresceu no momento certo.

Os posts serão mais ou menos nesse estilo.

Agora, dando a minha opinião, confesso que não esperava ver o Durant cestinha de novo. Depois daquela média de 30 pontos por jogo na temporada passada, ele manter o nível num time mais equilibrado depois que a direção de Oklahoma reforçou o elenco. Todos do top five tiveram uma boa regularidade. Mais jogadores poderiam figurar a lista: Kobe, Rose e Ellis.

Para a próxima temporada, aposto em Kevin Martin e Brook Lopez brigando pelas melhores médias de pontos. O jogador de Houston vem sendo o principal pontuador dos Rockets. Se terminar com algumas irregularidades (pontuar 32 em um jogo, 8 em outro), tem chances de terminar com números melhores e fazer seu time ir para os playoffs. Brook Lopez eu venho observando desde o início. O seu problema é não ter um time ao seu lado. Agora com a chegada do Deron, produziu mais e seu jogo fluiu melhor. O Nets, parando de achar que ex- reservas dos Lakers vão resolver tudo, pode construir um time legal para jogar ao lado de Lopez e Deron.

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!