Acompanhe aqui:

5 de abril de 2011

O título é de UConn

Primeiramente eu queria falar do excelente público em Houston para acompanhar esse jogo. Em uma final de basquete universitário, mais de 75 mil torcedores. A NBA parou por um dia para dar atenção para o jogo, o mundo estava ligado em Connecticut e Butler

Um jogo que me decepcionou para falar a verdade. Eu esperava mais de ambas as equipes, principalmente de Butler. Achei que o time aprenderia com os erros do passado na derrota para Duke. Além de não ter melhorado, saiu de quadra com o pior aproveitamento de arremessos de quadra de uma final: 18.8% (12-64). O que mais impressionava é que, mesmo com esse aproveitamento de Butler, Uconn não conseguia abrir grande vantagem. O primeiro tempo contou com muitos erros de ambas as equipes. A defesa apareceu bem, mas aconteceram diversos erros de ataques.

O primeiro tempo até terminou em vantagem de Butler: 22-19. As bolas de três colocavam a equipe da Pensilvânia na partida. Só que no segundo tempo, as bolas de três não cairam e Uconn se aproveitou e conseguiu abrir vantagem no placar.

Apontei Kemba Walker e Matt Howard como os jogadores que poderiam decidir o torneio. O incansável Kemba não foi tão bem nos arremessos (5-19), mas terminou com 16 pontos e 9 rebotes, cestinha do jogo. Matt Howard, nervoso, acertou apenas um arremesso de quadra e acabou com 7 pontos.

Alex Oriakhi e Jeremy Lamb foram outros destaques de Connecticut, 11 e 12 pontos, respectivamente. Para Dwyane Wade, astro do Miami Heat, Oriakhi deveria ser o MVP da partida. Seus 4 bloqueios impressionaram, um monstro na defesa. Shelvin Mack chutou 15 bolas e converteu somente 4, todas de três. Saiu como cestinha de Butler, 13 pontos.

Quem acompanhou a partida no twitter, viu eu comentei que esperava BEM mais. Os times jogaram bem na defesa, mas deixaram muito a desejar no ataque. Era de impressionar a movimentação do Walker. Fizeram marcação forte em cima dele, porém, corria tanto que conseguia fugir dos marcadores. Jogou 37 minutos em forte intensidade e não cansou. Um monstro.

Butler dependeu muito das bolas de três de Mack, pois Howard errou praticamente tudo o que tentou. Uma pena. É um excelente jogador, mas nervoso na decisão.

Parabéns a Connecticut, título mais que merecido!

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!