Acompanhe aqui:

20 de abril de 2011

O alemão resolve

Sérgio Júnior

Os Trail Blazers apareceram como um grande time para passar de fase mesmo sem o mando de casa, após dois jogos a história é diferente, o Mavericks confirmou o mando de casa e deixou toda a pressão pra cima para Aldridge e seus garotos.

O visitante começou muito bem o jogo, estava funcionando nos dois lados da quadra, Gerald Wallace finalizava no ataque e na defesa Nowitzki foi muito bem marcado e ele fez apenas uma cesta no período. Peja deu uma demonstração de seus velhos tempos e fez duas boas cestas de três pontos para levar para o segundo quarto com a desvantagem em apenas dois pontos. No 2º quarto Nowitzki deixou 10 pontos, porém a diferença de dois pontos continuou.


No 2º tempo o jogo continuou equilibrado, porém faltando cerca de 6 minutos para o fim do jogo os Mavs tomou controle e levou a vitória. O alemão Dirk terminou o jogo com 33 pontos, 7 rebotes e 4 assistências. Apesar de acertar apenas 9 de 22 arremessos, o ala fez 15 pontos da linha do lance livre.

Um grande fator para o time do Texas abrir essa vantagem chama-se Jason Kidd. Todo mundo sempre se pergunta “Por que diabos o Kidd não chuta?”, eu também me pergunto isso, afinal ele é um dos maiores chutadores da linha dos três da história da liga, porém chegou ao limite de ser acusado até de “mão-de-pau”. Apelidos á parte, Kidd arremessou 7.5 vezes por jogo na temporada e obteve seu pior aproveitamento da carreira de 36,1%. Nesses dois primeiros jogos da série ele arremessou 25 vezes e fez incríveis 16(!!). Os 64% mostram que o tiozinho está arretado e a marcação não está dando conta. Seu número de assistências continua considerável e as 8 desse jogo conseguiram municiar Stojakovic que fez seus 21 pontos e se sentiu de volta ao tempo de Kings.

No Blazers o líder do time foi novamente Aldridge, que fez seus 24 pontos e pegou 10 rebotes. Gerald Wallace cresceu bastante do primeiro jogo e fez 11 pontos no primeio quarto. Andre Miller manteve os 18 pontos do primeiro jogo e melhorou o número de assistências e rebotes. Um grande problema do time é Brandon Roy, que vem com seus muitos problemas de lesões e joelhos resistentes como vidro. Brandon jogou 26 minutos no primeiro jogo e fez apenas 2 pontos em 7 arremessos tentados, hoje jogou apenas 8 minutos e errou o único arremesso que tentou. É extremamente ruim ver tanto talento sendo desperdiçado assim, afinal é um all-star e com apenas 26 anos já está na hora dele pedir a água que Grant Hill bebeu para evitar as lesões.

Os Blazers continuam vivos, mas Mavericks deu um enorme passo para a próxima fase dos playoffs. Será interessante ver como.

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!