Acompanhe aqui:

10 de abril de 2011

Heat e Celtics: a briga pelo segundo lugar no leste

Na tarde desse domingo, transmitido para a rede nacional nos Estados Unidos, Miami Heat e Boston Celtics não fazem somente um jogo de final de temporada regular. A partida contém vários ingredientes que fazem dela a partida principal do dia. Primeiro de tudo temos que lembrar que ambas as equipes estão com a mesma campanha: 55 vitórias e 24 derrotas.

Perder um jogo agora, faltando só mais 2 partidas para serem disputados, é praticamente dar adeus ao segundo lugar. Heat e Celtics, vencendo seus jogos na primeira rodada dos playoffs, vão se enfrentar na semi-final de conferência. Ter um jogo à mais de mando de quadra pode ser fundamental. O mais interessante é que, além das campanhas iguais, as duas franquias tem uma sequência quase parecida pela frente: uma equipe considerada forte e uma fraca. Miami pega o Hawks e encerra sua participação em Toronto. Boston joga contra os Knicks e termina contra o Wizards. Partidas que devem ser vencidas. A segunda coisa que destaca esse jogo é que a série está 3-0 para os verdes. Dois jogos disputados no início e um na metade. Falava-se muito que o Heat ainda estava se ajeitando, o time não tinha entrosamento, dependia só dos talentos individuais de Bosh, Wade e LeBron. No terceiro jogo, no TD Garden, muito equilíbrio, porém, vitória dos celtas: 85-82, com o Heat errando dois arremessos nos segundos finais.

O que esperar desse jogo?

Com certeza vamos ver TODOS (sim, em maiúsculo) jogadores ligados, atentos, com sangue nos olhos. NINGUÉM (de novo maiúsculo) vai querer perder esse jogo. Para o time de South Beach, perder os 4 jogos para o Celtics, um dos seus concorrentes diretos ao título, será algo que vai deixar os jogadores com uma pulga atrás da orelha. Pelo lado da equipe de Massachusetts, de nada vai ter adiantado ter vencido 3 jogos do rival, se perder no mais importante de todos. Acredito que essa partida será considerada como uma decisão de campeonato. A arbitragem deverá estar muito atenta, pois está na cara que vai ser um jogo de muitas reclamações.

O time da Flórida vai fazer o de sempre: marcar bem e esperar que o trio resolva. O Celtics conta com a sua coletividade de sempre. O que vai ser determinante para esse jogo? Individualismo ou coletividade?

Caso os principais jogadores não atuem bem, os coadjuvantes podem decidir: Mike Miller, pelo Heat, Glen Davis, pelos Celtics. Mike Miller já sofreu 2 lesões na temporada, mas vem recebendo novas oportunidades pelo técnico Erik Spoelstra. Vem brigando pelos rebotes (conseguindo vários ofensivos) e é importante nas bolas de três. Glen Davis vem melhorando seu arremesso de quadra e parece estar mais “ligadão”, cometendo poucos erros. Sua média de pontos vem subindo bastante.

Não vou apontar favorito. Sério. Não dá. A única coisa que eu posso afirmar é que não perco esse jogo por nada. Comentei que se eu perdesse esse jogo, bateria em mim mesmo. A partir das 16h, já vou estar no twitter do blog comentando sobre o jogão. Por se tratar de jogo da TV aberta, ele não atrasa. Então se liga, fã da NBA: 15h30 (horário americano), 16h30 (horário de Brasília) começa o jogo.

Aí vai uns palpites sobre atuações individuais:

Quem vai decidir: LeBron James ou Paul Pierce
“Lembra de Mim, pô”: Wade e Bosh. Kevin Garnett e Ray Allen

"Quero aparecer:"
Mike Bibby e Rajon Rondo
Quietinho no seu canto, mas aparecendo bem: Mike Miller e Glen Davis
Pode estragar: James Jones e Nenad Krstić.

1 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!