Acompanhe aqui:

22 de abril de 2011

Em ritmo de treino, Celtics praticamente mata a série

A torcida do Knicks entrou entusiasmada nesses playoffs. Apesar de um início nada bom, o time se encontrou e entrou com moral na pós-temporada. Mas o que ninguém esperava era ver um Billups de terno na beira da quadra, Amar'e "travado" e um Carmelo totalmente solitário.

Na noite dessa sexta-feira, depois da 7 anos o Madison Square Garden estava vivendo um clima de playoff. Era o jogo 3 da série Boston Celtics e New York Knicks. A festa antes do jogo foi linda, todos felizes. Mas só foi o jogo começar para a decepção e frustração entrar em cena.

Um massacre feito pelos Celtics. Ray Allen e Paul Pierce não tiveram dó do grande Spike Lee, figura ilustre que sempre acompanha o Knicks. Acertando 6 bolas de três pontos, Pierce saiu de quadra como cestinha: 38 pontos. Allen não ficou muito atrás: 8 bolas de 3 convertidas e 32 pontos. Nos minutos finais parecia competição entre os dois. Para fechar os destaques de Boston, não podemos deixar passar em branco o triple-double de Rajon Rondo: 15 pontos, 20 assistências e 11 rebotes.

Como disse no início do post, New York estava sem Billups e tinha Amar'e sentindo fortes dores nas costas. Sobrou Melo. No jogo 2, o ex-jogador dos Nuggets só não fez chover. Sozinho, quase ganhou o jogo para sua equipe. Hoje nem parecia o grande jogador que todos conhecem. Vários turnovers, erros nos arremessos... nada dava certo. Melo terminou com 15 pontos e 11 rebotes. Jogando no sacrifício, Stoudemire terminou com apenas 7 pontos.


Uma partida para esquecer. Agora com 3-0 na série, o time de Doc Rivers está praticamente na próxima fase. Somente um desastre tira Boston das semi-finais.

Tudo pode terminar no domingo, no jogo 4, no mesmo Madison Square Garden. Pelo que eu vi hoje, não tenho dúvidas que os Celtics matam a série já nesse domingo.

Que o Sr. Mike D'Antoni trabalhe mais o time para a próxima temporada, principalmente a defesa. Ok, estou brincando. Mike D'Antoni trabalhar a defesa é piada...

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!