Acompanhe aqui:

18 de abril de 2011

Dwight Howard,Dwight Howard, Dwight Howard


Sérgio Júnior

Hoje com certeza é um dia especial para Dwight Howard, apesar da derrota para o Hawks no último sábado o jogador recebeu hoje pela terceira vez o prêmio de Defensor do Ano. Já é um grande feito se fosse um título isolado, mas é seu 3º título consecutivo, um fato inédito para a NBA.

O título veio com folga, o jogador fez 585 pontos na votação contra 77 do 2º colocado, Kevin Garnett. Tyson Chandler com 70 completa o pódio.
Ninguém pode discutir essa vitória do Superman, alguns números que ele conseguiu alcançar nesta temporada impressionam:

• No dia 1º de Março contra o Knicks, Howard, aos 25 anos e 83 dias, se tornou o jogador mais novo a chegar aos 7.000 rebotes na carreira, passando por muito o recorde antigo de Wilt Chamberlain, que chegou na mesma marca com 26 anos e 128 dias.
• Ele completou pelo menos 1.000 rebotes e 100 tocos pelo 6º ano seguido; desde que tocos começaram a ser oficiais em 73/74, apenas Moses Malone fez isso por mais anos, 7 anos.
• Ele se tornou um de apenas cinco jogadores na história da liga, desde a oficialização dos tocos, a fazer 6000 rebotes e 1000 tocos em seus primeiros 500 jogos.

Se ele conseguiu todos esses feitos em sua carreira, e essa temporada não ficou atrás. O jogador terminou a temporada com uma média de 14.1 rebotes, 2.4 tocos e 1.4 roubos por jogo. Apenas Love pegou mais rebotes e foi o 4º com mais tocos. Se ele não é o líder nessas estatísticas, ele conseguiu chegar muito perto e sem bagunçar a defesa como alguns jogadores fazem em prol do toco, como McGee adora fazer.

Olhando números avançados, Dwight pega a expressiva marca de 30% de todos os rebotes defensivos enquanto ele está em quadra. Dwight ainda dá 1.5 toco para cada falta em arremesso, um número melhor do que têm Bogut, líder em rebotes por jogo, e Ibaka, líder total em rebotes.

E parece que o monopólio de Dwight Howard não está perto de acabar, com apenas 25 anos o jogador ainda tem muita lenha para queimar, não só na defesa mas como no ataque também, e provavelmente estaremos falando sobre Dwight vencendo esse prêmio no ano que vem.

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!