Acompanhe aqui:

1 de abril de 2011

Corrida para o MVP: a semana passou e quase nada mudou


Nessa semana quase nenhuma alteração em relação a lista de semana passada. Derrick Rose segue em primeiro, seguido de Dwight Howard e Kobe Bryant. Tendo boas atuações pelo Miami Heat, LeBron James roubou o 4º lugar do alemão Dirk Nowitzki, e, para alguns, ainda tem chances de roubar o prêmio do jovem jogador de Chicago. Rajon Rondo entrou no lugar de Manu Ginobili, ocupando a 9ª colocação. LaMarcus Aldridge continua figurando entre os 10 jogadores. Merecido, diga-se de passagem.

Não vou fugir do que falei na semana passada. A briga fica entre Rose e Howard, difícil sair disso. Por mais que Kobe e LeBron joguem, a temporada que o armador do Bulls e do pivô do Magic estão fazendo é de encher os olhos, estão carregando suas equipes nas costas.

O Bulls segue sofrendo com algumas lesões. Tem jogos que Boozer fica de fora por causa de problemas, o que não muda nada para Rose. Quando a coisa esquenta, ele aparece. Dwight Howard ignorou as trocas que fizeram o jogo do Magic mudar, e segue enterrando suas bolas, pegando diversos rebotes e levando Orlando as vitórias.

Kobe e LeBron tem grandes jogadores aos seus lados. Kobe olha para um lado e vê Gasol e Bynum, LeBron olha e vê Bosh e Wade. Mesmo quando eles tem uma atuação ruim, seus companheiros tem condições de manter o bom nível. Mas deixa o Rose e o Superman jogarem mal para vocês vêem como fica...

E repetindo o que eu penso à respeito do Durant: dar o MVP para ele no momento é muito preciptado. Ele será um dos melhores jogadores da NBA, logo, logo. Aguenta mais uns anos e o MVP será muito justo. Jogar com o motor Westbrook também diminui suas chances de ser MVP atualmente, pois eles estão jogando demais em Oklahoma. Mas “lembrar” deles na lista é algo totalmente coerente.

Rondo figurando na lista após mudar um pouco sua atitude. Começou a chutar mais bolas, infiltrar mais. E o melhor de tudo: sem deixar de dar assistência pro time. Contra o Spurs teve um notável double-double: 22 pontos e 14 assistências. Isso é importante pois não fica só nas costas de Garnett, Pierce e Allen fazerem 50% dos pontos da equipe.

O Portland se fortaleceu com as trocas feitas. Gerald Wallace entrou bem na equipe, isso é fato. Só que LaMarcus Aldridge continua sendo o destaque total. Sua média de 22 pontos por jogo estão me surpreendendo bastante. Não esperava tudo dele. Há cada jogo do Trail Blazers, começo a dar razão aos torcedores que pediram Aldridge no All-Star Game. Não era só fanatismo, o cara estava merecendo.

Lista completa:

1º Derrick Rose, Bulls
2º Dwight Howard, Magic
3º Kobe Bryant, Lakers
4º LeBron James, Heat
5º Dirk Nowitzki, Mavs
6º Kevin Durant, Thunder
7º Dwyane Wade, Heat
8º Russel Westbroock, Thunder
9º Rajon Rondo, Celtics
10º LaMarcus Aldridge, Blazers

Ficou de fora:
Manu Ginobili, San Antonio (No. 10 last week).
Poderia estar na lista: Carmelo Anthony, New York; Pau Gasol, L.A. Lakers; Chris Paul, New Orleans; Zach Randolph, Memphis

E você, concorda? Kobe e LeBron tem chances ainda? Achou justa a lista? Faça um comentário e vamos debater!

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!