Acompanhe aqui:

28 de março de 2011

O melhor do domingo na NBA

Para um time de apenas 20 vitórias, o Kings mostra raça nesse fim de temporada. Raça até demais

Kings supreendem o Sixers

No post que eu fiz para o bolão, com as apostas de domingo, eu ironizei o jogo entre Sacramento Kings e Philadelphia 76ers. Disse em outras palavras, que a NBA estava de sacanagem em colocar um jogo tão fraco tão cedo. Mas para falar verdade, foi um excelente jogo. O primeiro quarto teve domínio de Philadelphia, o que era de se esperar. Nos dois seguintes quartos, o Kings se saiu melhor e conseguiu virar o placar. Nos últimos minutos da partida, equilibrio total. Em nenhum momento podia se apontar um vencedor. Só que no fim o Kings conseguiu abrir uma pequena vantagem e tinha o jogo na mão. Só que Louise Williams, no estouro do cronômetro, empatou e levou a partida para a prorrogação. No exato momento, pensei: poxa, agora o Sixers ganha essa parada. Engano meu. Novamente o time da Califórnia jogou melhor e conseguiu a vitória. DeMarcus Cousins não teve uma tarde muito boa, mas Marcus Thornton, com 32 pontos, foi o cestinha e o principal jogador do time. É, Sacramento encerrando a temporada “bem”. Pro lado dos Sixers, o time estará nos playoffs, isso é fato, mas briga com o Knicks pela sexta posição. Com as derrotas do time de New York, o 6º lugar deve ser de Philadelphia.

E o trio de Miami resolveu jogar...

Acompanhei o segundo tempo de Miami e Houston. Eu estava ansioso para esse jogo. Mais um bom teste para o Heat, e para o Houston era vencer ou vencer, pois não poderia perder o Grizzlies de vista, na briga pela 8ª colocação na conferência oeste. Como foi no jogo do Sixers contra o Kings, um jogo totalmente equilibrado. Luis Scola estava demais, fez o que quis com a defesa do Heat. Mas, para azar dos Rockets, o super trio resolveu jogar. Com 33 pontos para LeBron, 31 para Bosh e 30 para Wade, o time da Flórida fez um grande quarto período e venceu. Essa atuação do trio me deu um bom assunto para um post: se James, Wade e Bosh fizerem isso nos playoffs, tem como parar esse time de Miami?

Grizzlies, de novo

Em uma prévia dos playoffs, O Memphis Grizzlies venceu novamente o San Antonio Spurs, time de melhor campanha na temporada. Além da derrota, o Spurs acumula a 3ª derrota seguida. Outra vez atuando como titular, Tiago Splitter ficou 20 minutos em quadra, anotou 7 pontos e pegou 5 rebotes. Uma coisa que eu notei: Greg Popovich está dando o mesmo tempo para Splitter e DeJuan Blair. Me parece que aquele que se sair melhor, fica com a vaga de titular. Zach Randolph e Tony Allen foram os destaques dos ursos: 23 pontos para cada. Mesmo sem Rudy Gay, o Grizzlies está se saindo muito bem. Venceu o Celtics, fez grande partida contra o Bulls e agora vence o Spurs. O que acontece com esse time? Vai dar trabalho. Quem diria...

Complicou mas venceu

Parecia um jogo tranquilo, um passeio... só pareceu. Após um começo arrasador, o Boston Celtics viu o Minessota Timberwolves encostar e virar o placar em um determinado momento do 4º período. Mas antes disso, tenho que registrar que o primeiro período terminou 32-13 para o time de Massachusetts. O segundo e terceiro quarto foram serviram de recuperação para Minessota. Perto do fim do jogo, os Wolves chegaram virar o marcador. Porém, com uma sequência de turnovers, o time perdeu o controle e o Celtics retomou a frente. Paul Pierce anotou 23 pontos para os Celtas. Boston que jogou com o armador reserva, Delonte West atuou no lugar de Rajon Rondo, lesionado. É fato que as trocas não deram certo para o Celtics, mas o time é forte e com certeza vai longe nos playoffs.

Vale a pena falar:

Apesar da derrota para o Thunder, Gerald Wallace, do Blazers, teve grande atuação e terminou a partida com 40 pontos (cestinha do dia). Antes de trocar Charlotte por Portland, Wallace já vinha jogando bem. Nos Blazers, só manteu as boas atuações. Sua chegada vem se mostrando importante, pois o time está jogando bem. Derrotas vão acontecer, mas houve melhora no jogo de Portland.

Monta Ellis reencontrou o bom basquete. Um dos cestinhas da liga vinha tendo atuações apagadas no Golden State Warriors. Ele já havia jogado muito no massacre do Warriors sobre o Raptors. Ontem, contra o Wizards, saiu de quadra com 37 pontos e 13 assistências. Gosto muito desse jogador. Muito ofensivo e muito ousado. Estava estranhando sua pontuação baixa alguns jogos atrás. Bom saber que “voltou”.

Kobe e Gasol estão demais! Ambos foram fundamentais na vitória do Lakers sobre o New Orleans Hornets. Kobe ajudou com 30 pontos, Gasol com 23 (fora os 16 rebotes). São dois jogadores que podem fazer a diferença em uma série complicada de playoff.

Todos resultados:

Philadelphia 76ers 111 x 114 Sacramento Kings
Cleveland Cavaliers 83 x 99 Atlanta Hawks
Miami Heat 125 x 119 Houston Rockets
Memphis Grizzlies 111 x 104 San Antonio Spurs
Minnesota Timberwolves 82 x 85 Boston Celtics
Oklahoma City Thunder 99 x 90 Portland Trail Blazers
Golden State Warriors 114 x 104 Washington Wizards
Los Angeles Lakers 102 x 84 New Orleans Hornets
Phoenix Suns 83 x 91 Dallas Mavericks

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!