Acompanhe aqui:

27 de março de 2011

Analisando os números

30-17@ Esse foi o desempenho de Derrick Rose na vitória do Chicago Bulls sobre o Milwaukee Bucks. 30 pontos e 17 assistências, seu career high em assistências. O Bulls chegou estar perdendo por 15 pontos, mas teve calma nos momentos decisivos e conseguiu virar a partida, com um quarto período excelente. Eu sempre defendi que o Rose não deveria ser PG, mas, sim, SG. Já cansei de ver alguns jogos de Chicago com ele marcando mais de 30 pontos, mas não passando de 5 assistências. A atuação dessa noite contra o Bucks é um belíssimo cala boca para mim. E está ficando cada vez mais claro que o MVP é dele. Uma partida complicada, muitos pontos atrás no placar... O jogador “diferenciado” cresce nessas horas e ajuda seu time nas dificuldades. O jovem jogador de Chicago teve atuação de gala, isso ninguém pode discordar.

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!