Acompanhe aqui:

25 de fevereiro de 2011

E o Oscar de melhor ator vai para... Chris Bosh!



Eu sempre fico ansioso quando há grandes jogos. Bulls e Heat não foi diferente. Não paro de olhar para o relógio, quero que o tempo passe logo, tudo isso para ver a partida. A vitória ficou com o Bulls, após um belíssimo segundo tempo do time do Illinois. O Heat dominou o primeiro tempo com excelente atuação da dupla LeBron James e Dwyane Wade. Mas Bosh não apareceu para o jogo. Não apareceu mesmo.

Primeiro aconteceu um lance bizarro. Carlos Boozer protegia a bola e, para sair da marcação do Bosh, se movimentava muito Ao fazer o giro com a bola, Boozer acertou Bosh. Ou não acertou? Bosh caiu para trás e ficou no chão. No primeiro momento, tive impressão de falta. Mas o Bosh começa rir no chão, com a câmera na cara dele. No replay, eu vi o Boozer encostar na cara de Bosh, mas o jogador do Heat caiu “meia hora depois” e parecia que havia tomado um soco do Anderson Silva.

E parece que essa brincadeira, chamou a torcida contra Chris e ele errou tudo. Saiu de quadra acertando apenas 1 bola em 18 arremessos. Pior aproveitamento desde 1976. Mas eu comecei a me perguntar: o que é pior? Saber que nada está dando certo, os ataques estão morrendo em seu chute e continuar chutando ou o treinador ver isso e deixar o jogador em quadra?

Vou tentar incorporar Bosh e Erik Spoelstra. Sendo Bosh, eu pararia de arremessar. Ia fazer o time rodar, procurar quem estava bem (James e Wade) e ajudaria com bloqueios. Seria o mínimo que eu poderia fazer, já que estava errando tudo. Sendo Spoelstra, tiraria Bosh. Ok, o banco do Heat não é bom, mas eu colocaria alguém para pegar rebotes. Acho que o fato de ser Bosh, jogador que forma o “Big 3” de Miami, Spolestra não tirou.

E essa atuação foi estranha. Bosh melhorou após sua lesão, vinha pontuando muito bem, sempre passando dos 20 pontos. Sua média de pontos estava voltado a subir. Gosto muito do jogo do Bosh, mas ontem foi sua pior partida na NBA. Além de simular uma falta, foi terrível nos arremessos e, por que não, fez sua equipe perder. Se Bosh sai de quadra acertando 3 ou 4 arremessos, o rumo da partida poderia ser outro.

O próprio jogador sabia que estava mal. Em cada pedido de tempo, Bosh pegava a bola e arremessava, dava uma treinada... e errou todas também. Se contasse essas bolas, sairia de quadra 1-30. Não sei porque reparei esses arremessos que não valiam nada, mas desde o início de jogo eu vi que o jogador não estava legal. Sei que Bosh tem um ótimo arremesso, portanto, cuidei muito o jogo dele.

Isso é algo quase nunca acontece, então Bosh não pode dar muita bola para isso. Mas que foi engraçado e ao mesmo tempo horrível.

Antes que me perguntem: aonde você viu Boozer acertar o Bosh? Reparem somente a cara do jogador do Heat. Eu tive a impressão que Boozer encostou em Bosh, mas não foi para tudo aquilo, se atirar no chão e fazer um drama. Até ele viu que dramatizou demais e riu. Riu e todo ginásio e todo mundo que viu o jogo no mundo, também viram.

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!