Acompanhe aqui:

26 de janeiro de 2011

A temporada brilhante que faz o Nenê...


Em Denver, enquanto todos só falam de Carmelo Anthony, o brasileiro Nenê Hilário vem fazendo uma temporada incrível. Sua melhor temporada na liga americana de basquete. Após muitos problemas ao longo desses anos, parece que as coisas finalmente estão perfeitas para Nenê. Média de 15,2 pontos por jogo, o saudoso Maybyner Rodney tem grandes chances de ser o primeiro brasileiro à participar do jogo das estrelas, o All-Star Game. Premiando seu jogo com força, mas com muita mobilidade para um pivô. Na última parcial, Nenê se encontrava em 3º lugar, atrás de Yao Ming e Andrew Bynum. Como o chinês Yao Ming está lesionado e fora do restante da temporada, cabe o técnico da conferência oeste escolher o substituto. Pela temporada que vem fazendo, tem gente que não tem dúvidas que a vaga será de Nenê.

Em 2005 torção de ligamentos no joelho direito fez ele perder toda a temporada. Problema resolvido, volta na temporada seguinte e termina com 12,2 de média por partida na temporada regular além de 7 rebotes por noite, porém a volta ás quadras que era promissora acabou sendo interrompida e dessa vez mais gravemente, em 2008 o paulista foi diagnosticado com câncer. Tratava-se de um tumor nos testículos. Para sua sorte, não era benigno e foi retirado no dia 14 de janeiro daquele ano, três meses depois, em março, Nenê voltava as quadras contra o Dallas Mavericks em uma vitória do Denver por 118-105, Nenê entrou faltando apenas um minuto para o fim do jogo, mas foi o suficiente para receber uma sonora saudação de sua torcida.

Com o fim dos problemas, Nenê vem fazendo o que sabe: jogar basquete. Os olhos estão voltados à Denver para falar somente de Carmelo Anthony. Mesmo com tudo isso, Nenê não vem só pontuando bem, vem sendo fundamental para o time do Colorado. Quando digo que é a melhor temporada do brasileiro, digo porque é nítido como Nenê, ao lado de Melo, vem sendo o protagonista da franquia. Além de uma excelente média, o brasileiro tem o melhor aproveitamento nos arremessos de quadra de toda a liga, 64%, e arremessando quase nove bolas ao jogo. Além disso, vem mostrando a cada dia uma enorme melhora nos rebotes, uma habilidade criticada dele, e nesse mês vem mostrando uma média alta de mais de 8 rebotes por jogo.

Será espetacular ver Nenê na equipe titular da conferência oeste. Já pensou pintar uma sambadinha no anúncio dele? Ele participando dessa grande festa, ele vai crescer não só lá nos Estados Unidos, mas também aqui no Brasil. As pessoas vão começar olhar Nenê de uma forma diferente, podendo apagar a imagem de ter abandonado a seleção brasileira de basquete em seus piores momentos. Para quem já passou tantos problemas na carreira profissional e na vida, esse seria um belíssimo prêmio.

Vamos torcer para o Greg Popovich (técnico da conferência oeste) escolher Nenê para o substituir Yao Ming como pivô. O jogo será em Los Angeles, portanto escolher Andrew Bynum seria muito fácil, pois agradaria a torcida local. Mas vamos torcer para o bom-senso prevalecer e eles escolherem quem vem fazendo uma temporada melhor, no caso, Nenê. E mesmo que isso não aconteça, ainda temos a chance de vê-lo como reserva. Para quem não sabe, Bynum vem se recuperando de lesão e não está 100%. Vamos torcer amigos!

1 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!