Acompanhe aqui:

16 de janeiro de 2011

Muita emoção e vitória do Bulls


Eu já previa: Bulls x Heat seria o jogo do dia. E foi. Um jogo incrível. Cheio de alternativas, cheio de emoções.

Mais uma vez sem LeBron James, o Heat precisava muito que Dwyane Wade e Chris Bosh jogassem bem. Diante de sua torcida, Derrick Rose e Carlos Boozer não queriam decepcionar. Com um primeiro período bem jogado, o Bulls abriu 9 pontos de frente (28-19). Erik Spoelstra, no segundo quarto, repetiu o que ele fez contra o Denver Nuggets e colocou vários reservas em quadra, entre eles Mike Miller e Eddie House. Ainda adquirindo ritmo de jogo, Mike Miller contribuiu com 8 pontos, acertando 2 arremesos de 3 pontos. Eddie House foi mais feliz e foi 100% nos chutes longos: 3-3. O Heat se equilibrou e foi para o intervalo em vantagem (53-48).

Aí veio algo que nem o mais otimista torcedor do Bulls previa: um início magnífico de segundo tempo. Chicago chegou abrir 17-0. Isso mesmo: o Heat não pontuou, o Bulls fez 17 pontos, virou o placar e ficou mais tranquilo. Para facilitar ainda mais, com 4 faltas, Wade ficou um bom tempo no banco de reservas. Jogo ganho? NÃÃÃO!

Depois de 2 pedidos de tempo, o Heat se encontrou e voltou a encostar, ficando bem pertinho de passar à frente do placar novamente. O último quarto começava com vantagem do time da casa: 73-70. O jogo foi se aproximando do fim e seguia o Bulls na frente com pequena vantagem. Faltando 2 minutos para o fim, começou a cair as bolas de 3 do Heat, principalmente com Dwyane Wade. Faltando 37 segundos, o Heat vencia o jogo por 1 pontinho (96-95). Aí aconteceu algo inacreditável. Chicago conseguiu dois rebotes ofensivos no mesmo ataque! Rose chutou, errou, mas o rebote foi de Carlos Boozer. Boozer tentou e também errou. Por fim, rebote de Kyle Korver. Pegou o rebote e chutou uma bola de 3: bingo! 98-96. Depois do Heat falhar em dois ataques, a vitória foi do time mandante. Um jogo de tirar o fôlego.

Wade fez 33 pontos, mas o destaque da partida foi o armador do Bulls: Derrick Rose. 34 pontos, 8 assistências e 4 rebotes. Kyle Korver fez somente 7 pontos, mas fez a cesta mais importante do jogo. Sua bola de 3 praticamente acabou com o Miami Heat. Todos jogadores de Chicago que entraram em quadra, pontuaram. Do Heat foi quase igual, mas o titular Ilgauskas ficou zerado. Com a vitória, o Bulls venceu a 27ª partida e já cola no Miami Heat na briga pela segunda colocação da conferência leste. Miami perdeu a 3ª partida consecutiva e encerrou o tour fora de Miami. Na próxima partida, volta a jogar em casa.

P.S: Na foto, parece que o Howard está batendo palmas para o Rose. Não está. Mas tinha que bater...

0 comentários :

Postar um comentário

Manda a sua mensagem, solta o verbo, fã da NBA!